<$BlogMetaData$>

quarta-feira, agosto 16, 2006

98. UMA NOITE...

Foto disponível no URL: Doente


Boa noite,

De Segunda-feira para Terça-feira passei uma noite horrível tive uma Gastroenterite. Tive tantas dores de estomago que não podia, quase que não consegui dormir, pior foi ir trabalhar, no dia feriado, quase a cair para o lado... mas lá consegui sobreviver... ainda não estou a 100%, mas muito melhor... ;)

Aproveito para vos deixar a definição de gastroenterite:

"Gastroenterite significa inflamação do estômago e do intestino. A Gastroenterite mais frequente, que talvez nenhum adulto possa dizer que nunca teve, é causada por toxinas bacterianas que contaminam os alimentos ( Intoxicação alimentar ). As toxinas produzidas pelas bactérias actuam no estômago e parte próximal do intestino. A má refrigeração dos alimentos é uma causa frequente de epidemias em casamentos , baptizados, creches, etc. A gastroenterite pode ser uma causa de desidratação grave na criança e nos idosos, mas nos adultos, é geralmente uma doença auto-limitada que passa ao fim de um dia ou poucos dias. Na maior parte dos casos nem recorremos ao médico.

Os sintomas típicos, que aparecem horas depois da ingestão dos alimentos, são a náusea o vómito e a dor abdominal acompanhados duma diarreia explosiva.

A base do tratamento é a hidratação. Por causa das náuseas e dos vómitos os líquidos devem dar-se em pequenas quantidades de cada vez. Os alimentos devem iniciar-se logo que sejam tolerados pelo estômago, ao contrário do que se supunha não agravam a diarreia nem a prolongam. O leite leve evitar-se durante este período de diarreia porque há uma deficiência de lactase transitória. Se o número de dejecções for incomodativo pode usar-se a loperamida que deve evitar-se nas diarreias com sangue mas, pode ser útil nestes casos de intoxicação alimentar porque, diminui o número de dejecções e a dor abdominal. A Gastroenterite causada pela intoxicação alimentar é entre nós, uma doença auto-limitada que nos adultos não exige outros cuidados além das medidas de suporte sobretudo a hidratação. Nas crianças e nos idosos os cuidados podem ter que ser diferentes."
Texto retirado de Gastroenterite

Etiquetas:

"DOMINUS VOBISCUM"
    Publicado por Pedro Nobre ás 23:02   1 REFLEXUS

1 Comments:

At quinta-feira, agosto 17, 2006 11:56:00 da manhã, Blogger Miguel said...

Mas já melhoraste?
Espero bem que sim!

Bjks da Matilde

 

Enviar um comentário

<< Home