<$BlogMetaData$>

quinta-feira, maio 04, 2006

66. NOITE NA NOITE

Foto disponível no URL: Sedução


Esta noite vou ser pássaro,
Vou voar todo o teu corpo,
Minhas asas são de aço,
Tua pele de ferro e fogo.
Por isso,
Vem...

Esta noite vou ser vento
E pousar no teu cabelo,
Vou ser mais que o pensamento
Tu a força do segredo.
Esta noite vai ser tua,
Faz o que tens a fazer,
Mais uma noite na rua
Mais loucura que prazer.

Eu não sei para onde vou
Quando não estás,
E as paredes que me prendem,
Que me impedem de ir longe demais...

Mais uma noite na noite
É mais um sonho perdido,
Mais uma noite na noite
Menos um dia contigo.
Mais uma noite na noite
É mais um sonho perdido,
Mais uma noite na noite
E mais um corpo vazio.

Esta noite vou ser barco
Naufragar nas tuas mãos,
Minhas velas são os braços
Com que te prendo no chão.
Esta noite vai ser tua
Dá-me o que tens para me dar,
Mais uma noite na rua
Uma vida para inventar.

Eu não sei para onde vou
Quando não estás,
E as paredes que me prendem
Que me impedem de ir longe demais...

Refrão

Veste a minha pele
Dança comigo no chão,
Entre o teu corpo e o meu
Perdeu-se o tempo da razão.

Refrão
Escrito por Pedro Abrunhosa

Etiquetas:

"DOMINUS VOBISCUM"
    Publicado por Pedro Nobre ás 19:37   2 REFLEXUS

2 Comments:

At sexta-feira, maio 05, 2006 12:22:00 da tarde, Blogger badger said...

PEDRO,
EXCELENTE escolha!! Um excelente compositor e músico português!! Parabéns!!

Porém,e é a minha opinião (como fã incondicional de toda a obra desse ícone portuense), não é a melhor de todas!!

Abraços

 
At sexta-feira, maio 05, 2006 4:00:00 da tarde, Blogger Pedro Nobre said...

Olá Badger,

Eu tb gosto muito de Pedro Abrunhosa... desde a minha adolescencia.

A nível de música, gosto mais de outas mas gostei do poema, com muita sensualidade e prazer... Bom fim de semana.

 

Enviar um comentário

<< Home