<$BlogMetaData$>

sábado, janeiro 14, 2006

11. MEMORIES...

Fonte: Tempo


Eu estou aqui
O sol já lá vai
À espera de ti
A lua descai

Ao teu lado quero estar
O teu corpo desejo
A tua pele beijar
Este é o meu ensejo

Pelas ruas da amargura
Tudo lembra o teu rosto
Que sempre perdura
Mas em forma de desgosto

O tempo já lá vai
Sozinho continuo
Pensamento que me sai
Do tempo de recuo

Momentos que me fizeste feliz
Irei sempre recordar
Mesmo quando um não se diz
A minha vida fizeste mudar...
Escrito a 14 de Janeiro de 2006, 04:30

Etiquetas:

"DOMINUS VOBISCUM"
    Publicado por Pedro Nobre ás 04:31   9 REFLEXUS

9 Comments:

At sábado, janeiro 14, 2006 7:23:00 da manhã, Blogger Freyja said...

escribes muy lindo y esta bellisimo, te dejo un abrazo grande y desearte un lindo fin de semana
(ahh en Culturas deje una historia bella de amor, del Sol y la Luna, es bien linda...leela)

besos y sueños

 
At domingo, janeiro 15, 2006 10:12:00 da tarde, Blogger Sem Stress said...

Bom Fim de Semana!
Um Abraço

 
At domingo, janeiro 15, 2006 10:15:00 da tarde, Blogger ¦☆¦Jøhη¦☆¦ said...

Vejo que estiveste inspirado. Mais uma vez escreves a alguém (será quem penso?) Talvez seja... a última estrofe faz-me duvidar das minhas conclusões...

Um abraço, João.

 
At segunda-feira, janeiro 16, 2006 1:37:00 da manhã, Blogger Rui deOliveira said...

Tive finalmente oprtunidade de visitar esta bela casa. Gosto da escrita, especialmente num estilo que eu aprecio mas para o qual não tenho jeito nenhum como é a poesia.

Continua o óptimo trabalho! :)

 
At terça-feira, janeiro 17, 2006 11:19:00 da manhã, Blogger Saramar said...

Lindíssmo lamento de amor! Dolorido, mas belo.
Parabéns.

Beijo

 
At terça-feira, janeiro 17, 2006 9:14:00 da tarde, Blogger Paulo Silva said...

De nada servs lamentar
esse amor perdido
mais tarde um novo irás encontrar
E poderás esquecer o que te está a magoar.
Aqule abraço.

 
At terça-feira, janeiro 17, 2006 10:02:00 da tarde, Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Pedro,
Não vale a pena chorar porque esse amor já não existe, mas sim sorrir por ele ter existido.
Continuação de boa semana.
Abraço.

 
At quinta-feira, janeiro 19, 2006 2:35:00 da manhã, Blogger Poeta da Noite said...

Gostei do teu blog. Voltarei em breve.

 
At quinta-feira, janeiro 19, 2006 4:12:00 da manhã, Blogger Freyja said...

la vida siempre vuelve a dar lo que un dia se llevo, con otro nombre, tiempo y espacio
espera con paciencia y tu vida volvera a sentir lo que hoy no esta.
un abrazo y muchos cariños y mil sonrisas para que te envuelvan siempre

besos y sueños

 

Enviar um comentário

<< Home