<$BlogMetaData$>

segunda-feira, janeiro 09, 2006

08. AUSÊNCIA

Fonte: Lua

Está luar!
A noite começa-se a transformar
Num paraíso que sinto dor
Por não poder estar ao pé do meu amor
Uma luz observo
Como brilha no extenso horizonte!
O que será!
Não sei.
Talvez um sinal da minha donzela
Através de uma estrela
Meiga e singela
Tantas saudades me criam
O meu coração reclama
A ausência de uma menina que ama
A saudade irá passar
Sempre que houver uma noite de luar
Que me faça sonhar
Sonhar
Escrito entre 1997-2002

Etiquetas:

"DOMINUS VOBISCUM"
    Publicado por Pedro Nobre ás 13:37   5 REFLEXUS

5 Comments:

At segunda-feira, janeiro 09, 2006 6:59:00 da tarde, Blogger ¦☆¦Jøhη¦☆¦ said...

É óptimo sabermos que temos algo em que nos apoiar para combater a dor... se uma noite de luar é um bálsamo para ti, e te faz sonhar... óptimo! Nesse caso, a saudade fica menos pesada no teu pensamento.

Um abraço, João.

 
At segunda-feira, janeiro 09, 2006 8:47:00 da tarde, Blogger Saramar said...

Olá, Pedro, boa noite.
Tive o prazer de conhecê-lo no blog da Gorda e vim ler sua belíssimas poesias.
Eu estou tentando ser poeta ou, como diria Drummond, lutando com as palavras.
Gostaria que conhecesse o www.casadoescritor.com, meu site (com mais uns 30 amigos, somos uma cooperativa) e que está em construção. Quem sabe você gosta e vem integrar nosso grupo de poetas?

 
At terça-feira, janeiro 10, 2006 11:42:00 da manhã, Blogger Miguel said...

Pois é, Pedro ...

O sonho comanda a Vida!

Uma Boa semana!

Bjks da Matilde

 
At terça-feira, janeiro 10, 2006 11:05:00 da tarde, Anonymous poesiablog said...

Sonhar...sonhar meu amigo.
Eu sonho e sonharei até poder.
Um abraço forte

 
At quarta-feira, janeiro 11, 2006 6:17:00 da manhã, Blogger Freyja said...

escribes muy bello
pero se siente nostalgia y tristeza en tus palabras.
dicen que el amor y el dolor dejan las letras + expresivas y autenticas de la vida, y es verdad.
te dejo un abrazo grande y que tengas un lindo dia

besos y sueños

 

Enviar um comentário

<< Home